Podcasts de história

"Here I Go Again" de Whitesnake está no topo das paradas



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Em 10 de outubro de 1987, a música “Here I Go Again” do grupo de hard rock inglês Whitesnake liderou a parada de singles pop da Billboard nos Estados Unidos. Hoje, o que a maioria das pessoas lembra sobre a música é seu vídeo picante: A atriz Tawny Kitaen gasta uma grande parte dele em uma camisola branca, contorcendo-se e dando cambalhotas sobre o capô de dois Jaguares estacionados um ao lado do outro. É um dos videoclipes mais icônicos da década de 1980 e apresenta dois dos carros mais famosos da história da cultura pop.

O Whitesnake lançou pela primeira vez “Here I Go Again” em 1982, no álbum “Saints and Sinners”. Essa versão inicial não atingiu as paradas - então, cinco anos depois, a banda regravou a música e incluiu a nova versão mais ampliada em seu álbum "Whitesnake". Enquanto eles estavam trabalhando no álbum, o vocalista da banda David Coverdale começou a namorar uma jovem chamada Tawny Kitaen, que recentemente estrelou ao lado de Tom Hanks no filme "BachelorParty". Quando o diretor Marty Callner conheceu Kitaen, ele também ficou apaixonado - e a escalou imediatamente para o vídeo de “Here I Go Again”. “Eu sabia que queria uma mulher sexy nele”, disse Callner a um repórter. “Sexo faz parte do rock 'n' roll e a música era sobre sexo.”

O vídeo foi quase todo não coreografado: Coverdale e Callner simplesmente estacionaram seus Jaguars lado a lado no meio do set, tocaram a música e acionaram as câmeras enquanto Kitaen improvisava. Depois que “Here I Go Again” se tornou um grande sucesso, no entanto, diretores e gravadoras deduziram que carros velozes e mulheres seminuas eram uma combinação vencedora, e eles lutaram para incluí-los em seus vídeos sempre que possível.


Era uma vez no topo das paradas: Whitesnake, “Lá vou eu de novo”

30 anos atrás, hoje, Whitesnake gravou uma regravação de uma música que eles & acirc & # 128 & # 153d lançaram originalmente meia década antes até o topo da Painel publicitário Hot 100.

Escrito por David Coverdale e Bernie Marsden, & acirc & # 128 & # 156Here I Go Again & acirc & # 128 & # 157 inicialmente fez sua estreia no Whitesnake & acirc & # 128 & # 153s 1982 álbum SAINTS & amp SINNERS, um álbum que Coverdale descreveu para Ultimate Classic Rock as & acirc & # 128 & # 156 meu álbum de obrigação contratual, & acirc & # 128 & # 157 explicando ainda que ele & acirc & # 128 & # 156 se recusou a terminar aquele álbum até que meu empresário na época fosse mais razoável em nosso processo de divórcio & acirc & # 128 & # 157 e que ele & acirc & # 128 & # 153d & acirc & # 128 & # 156nunca teve realmente um complemento completo de músicos para terminar aquele disco. & Acirc & # 128 & # 157

Curiosamente, a maior razão pela qual ele acabou regravando a música em 1987 foi que ele queria regravar outra música antiga & acirc & # 128 & # 147 & acirc & # 128 & # 156Crying in the Rain & acirc & # 128 & # 157 & acirc & # 128 & # 147 e concordou com o pedido do label & acirc & # 128 & # 153s para refazer & acirc & # 128 & # 156Here I Go Again & acirc & # 128 & # 157, contanto que ele pudesse regravar a música que ele queria também. Ainda mais engraçado, porém, é que ele acabou regravando uma segunda vez, quando David Geffen ligou para ele pessoalmente e pediu uma versão mais amigável para o rádio. Mas, ei, dado que a música acabou chegando ao topo das paradas, com certeza todas as diferentes gravações valeram a pena no longo prazo.

Em comemoração a & acirc & # 128 & # 156Here I Go Again & acirc & # 128 & # 157 atingindo # 1, Coverdale decidiu gravar algumas palavras para marcar a ocasião.


Whitesnake & # x27s & # x27Here I Go Again & # x27 sobe na tabela dos EUA após Tawny Kitaen & # x27s morte

A faixa seminal do Whitesnake & # x27Here I Go Again & # x27 subiu nas paradas nos Estados Unidos após a morte prematura de Tawny Kitaen no início deste mês aos 59 anos.

A atriz de Bachelor Party e Witchboard Tawny Kitaen estrelou o segundo vídeo de ‘Here I Go Again’, que ajudou a consolidar seu status de ícone durante o apogeu da MTV.

A versão de 1987 do hino do rock de Bernie Marsden e David Coverdale é o número 1 na parada de músicas da Billboard & # x27s Hot Hard Rock esta semana.

‘Here I Go Again’ foi transmitido massivamente 2,5 milhões de vezes na semana passada nos Estados Unidos e vendeu mais de 1.000 downloads, um aumento de 178%, de acordo com a Billboard.

Kataen, que morreu no dia 7 de maio, também participou dos vídeos "Still of the Night", "Is This Love" e "The Deeper the Love" do Whitesnake, junto com o videoclipe "Back for More" de Ratt e a arte de seus próprios EP de estreia com título e álbum 'Out of the Cellar'.

Kitaen casou-se com Whitesnake lynchpin David Coverdale em 1989, mas eles se separaram dois anos depois.

Prestando homenagem a Kitaen nas redes sociais após sua morte, Coverdale compartilhou todos os quatro videoclipes do Whitesnake em que ela apareceu e escreveu: “Acordei com uma notícia muito triste e inesperada ... minhas sinceras condolências aos filhos, família, amigos e fãs ...”

Tawny Kitaen deixa suas filhas Wynter, 28, e Raine, 22.

Estrelas do rock que infelizmente morreram em 2021:

Gerry Marsden

O homônimo Gerry e a estrela dos Pacemakers, Gerry Marsden, morreu em 3 de janeiro de 2021 aos 78 anos, após uma breve doença. Os Pacemakers eram rivais e amigos dos Beatles em sua Liverpool natal na década de 1960 e marcaram uma série de grandes sucessos, incluindo & # x27Ferry Cross The Mersey & # x27, & # x27How Do You Do It? & # X27, & # x27I Like It & # x27 e sua capa definidora do show tune & # x27You & # x27ll Never Walk Alone & # x27, que se tornou o hino do Liverpool FC e do Celtic. Paul McCartney disse: & quotGerry era um companheiro desde nossos primeiros dias em Liverpool. Ele e seu grupo eram nossos maiores rivais na cena local. Suas performances inesquecíveis de You & # x27ll Never Walk Alone e Ferry Cross the Mersey permanecem nos corações de muitas pessoas como lembretes de uma época alegre na música britânica ... & quot

Marsha Zazula

Cofundadora da marca pioneira de heavy metal Megaforce Records, Marsha Zazula morreu no domingo, 10 de janeiro de 2021, aos 68 anos. Zazula fundou a Megaforce Records em 1982 ao lado de seu marido Jon Zazula (também conhecido como Jonny Z) e eles ajudaram a lançar a carreira do então incipiente San Francisco os heavy metalers Metallica lançando seus dois primeiros álbuns de estúdio, & # x27Kill & # x27Em All & # x27 (1983) e & # x27Ride The Lightning & # x27 (1984). O influente selo também lançou os primeiros cinco álbuns de estúdio do Anthrax & # x27s de 1984 & # x27s & # x27Fistful of Metal & # x27 até 1990 & # x27s & # x27Persistence of Time & # x27, e Ace Frehley, Living Color, Testament, Overkill, Ministry, King & # x27s X, Stormtroopers Of Death, Fozzy, Bad Brains e Manowar foram apenas alguns de seus atos em seu plantel.

Alexi Laiho

O ex-líder do Children of Bodom, Alexi Laiho, morreu aos 41 anos, após lutar contra problemas de saúde de longo prazo por vários anos. A notícia da morte do guitarrista e cantor fenomenalmente talentoso & # x27s foi anunciada pela Nuclear Blast Records em 4 de janeiro de 2021, porém ele faleceu na semana final de 2020. Eles escreveram: & quotUm dos guitarristas mais renomados do mundo, Alexi Laiho, morreu. O músico, mais conhecido como o líder do Children Of Bodom, morreu em sua casa em Helsinque, Finlândia, na semana passada. Laiho sofreu de problemas de saúde de longo prazo durante seus últimos anos. & Quot

Tim Bogert

Vanilla Fudge, Cactus e Beck, Bogert & amp Appice baixista e vocalista Tim Bogert morreu na quarta-feira, 13 de janeiro de 2021, aos 76 anos. Famoso por seu baixo inovador, a notícia da morte de Tim Bogert e # x27s foi anunciada por seu amigo próximo e banda companheiro Carmine Appice, que disse: & quotTim era um baixista único. Ele inspirou muitos baixistas em todo o mundo. Ele era tão mestre em triturar quanto em manter um groove, e Tim introduziu um novo nível de virtuosismo no baixo rock. Ninguém jogou como Tim. & Quot

Sylvain Sylvain

O guitarrista do New York Dolls, Sylvain Sylvain, morreu aos 69 anos em 13 de janeiro de 2021 após uma batalha de dois anos e meio contra o câncer. O cantor do New York Dolls, David Johansen, disse: & quotMeu melhor amigo há tantos anos, ainda me lembro da primeira vez que o vi entrando no espaço de ensaio / loja de bicicletas com sua bolsa de viagem e guitarra direto do avião após ter sido deportado de Amsterdã, Eu imediatamente o amei. Eu & # x27m vou sentir sua falta, velho amigo. Vou manter o fogo da casa aceso. au revoir Syl mon vieux copain. & quot

Mark Keds

Mark Keds, cantor e guitarrista da banda de pop punk dos anos 1990 Senseless Things, morreu aos 50 anos na madrugada de domingo, 10 de janeiro de 2021. O ex-companheiro de banda Ben Harding deu a triste notícia, escrevendo: & quotÉ com o mais pesado dos corações que temos que contar você que, infelizmente, Mark - nosso cantor, amigo e principal compositor - não está mais conosco. Não é nenhum segredo que ele lutou contra o uso de drogas e um estilo de vida bastante caótico por um longo tempo, e sua saúde sofreu substancialmente ao longo dos anos devido a isso. Embora isso às vezes tenha criado atrito dentro do funcionamento intermitente de Senseless Things e seus outros projetos, optamos por lembrar o amigo, o irmão e o talento que perdemos hoje.

Hilton Valentine

Hilton Valentine, guitarrista principal dos conquistadores das paradas transatlânticas da década de 1960, The Animals, morreu na sexta-feira, 29 de janeiro de 2021. Ele tinha 77 anos. Nascido em North Shields, Valentine formou o The Animals em 1963 ao lado do vocalista Eric Burdon, o baixista Chas Chandler, o organista Alan Price e o baterista John Steel. Valentine marcou uma sucessão de grandes sucessos com The Animals, incluindo & # x27We Gotta Get Out of This Place & # x27, & # x27It & # x27s My Life & # x27, & # x27Inside Looking Out & # x27, & # x27I & ​​# x27m Crying & # x27 e & # x27Don & # x27t Let Me Be Misundersained & # x27, no entanto, ele & # x27s talvez se lembre melhor por tocar ESSE riff icônico de guitarra na banda & # x27s número um esmaga seu cover da música folk & # x27The House of the Rising Sun. & # x27 Ao lado de seus companheiros de banda Animals, Valentine foi introduzido no Rock and Roll Hall of Fame em 1994.

Elliot Mazer

O prolífico engenheiro e produtor Elliot Mazer, que co-produziu o álbum de 1972 de Neil Young & # x27s & # x27Harvest & # x27, morreu no domingo, 7 de fevereiro de 2021, de ataque cardíaco. Ele tinha 79 anos e vinha lutando contra a demência há vários anos. Sua irmã Bonnie Murray disse à Rolling Stone: & quotElliot amava música. Ele amava o que fazia, ele era um perfeccionista. Todo mundo tem muito respeito por ele, e ele está sofrendo há alguns anos. A carreira de & quot Mazer & # x27s começou em 1962 quando dirigiu o álbum de jazz de David Pike & # x27s & # x27Bossa Nova Carnival & # x27 e ele começou a trabalhar com uma série de artistas, incluindo Janis Joplin, Linda Ronstadt, Bob Dylan e Crosby, Stills, Nash e Young. No entanto, ele é mais conhecido por sua música com Neil Young. Ele produziu vários discos para Young, incluindo & # x27Journey Through The Past & # x27, & # x27Times Fades Away & # x27, & # x27Tonight & # x27s The Night & # x27, & # x27American Stars & amp Bars & # x27, & # x27Hawks & amp Doves & # x27, & # x27Everybody & # x27s Rockin & # x27, & # x27Old Ways & # x27, & # x27Lucky 13 & # x27 and 2020 & # x27s & quotlost & quot album & # x27Homegrown & # x27.

Rupert Neve

O lendário inventor de equipamentos de áudio britânico-americano, Rupert Neve, cujos consoles de mixagem e pré-amplificadores ajudaram a moldar o som da música contemporânea, morreu em 12 de fevereiro de 2021 aos 94 anos de pneumonia e insuficiência cardíaca. Provavelmente mais conhecido por seu lendário console Neve 8028 e pré-amplificador Neve 1073, o equipamento Neve & # x27s foi usado por estúdios de gravação, incluindo Abbey Road e Sound City Studios, e em gravações dos Beatles, Aerosmith, Nirvana, Pink Floyd, Fleetwood Mac, Dire Straits e Steely Dan, para citar apenas alguns. Um comunicado no site da Neve & # x27s dizia: & quotÉ com grande tristeza que anunciamos que Rupert Neve, cujo nome é sinônimo de equipamento de gravação de áudio de qualidade em todo o mundo, morreu. Ele permaneceu de ótimo humor até o fim, aproveitando sua vida em Wimberley, Texas, onde ele e sua esposa Evelyn moraram por 27 anos. & Quot Na foto está Rupert Neve com Dave Grohl em 2013.

Alan Cartwright

O ex-baixista do Procol Harum Alan Cartwright morreu na quinta-feira, 4 de março de 2021, de câncer no estômago aos 75 anos. Nascido em Londres em 10 de outubro de 1945, Cartwright conheceu o cantor e tecladista do Procol Harum Gary Brooker em 1966 e se juntou à banda cinco anos depois, quando o baixista Chris Copping decidiu se concentrar exclusivamente em seu trabalho de órgão. O lançamento de estreia de Cartwright & # x27s foi o álbum orquestral de 1972 & # x27Procol Harum Live: In Concert with the Edmonton Symphony Orchestra & # x27 e ele contribuiu para três álbuns de estúdio: 1973 & # x27s & # x27Grand Hotel & # x27, 1974 & # x27s & # x27Exotic Birds e Fruit & # x27 and 1975 & # x27s & # x27s & # x27s Ninth. & # X27 Gary Brooker disse sobre a morte de Cartwright & # x27s: & quotOlhando para trás, ele sempre foi um baixista muito sólido, musical e confiável, e um bom sujeito que cedeu seu melhor no estúdio e nas extensas turnês que Procol fazia quando estava conosco. & quot

Lou Ottens

O engenheiro e inventor holandês Lou Ottens, a quem se atribui o inventor da fita cassete, morreu em 6 de março de 2021 aos 94 anos. Em 1960, Ottens tornou-se Chefe de Desenvolvimento de Produto da Philips - a empresa em que permaneceu durante toda a sua carreira - e três anos mais tarde, a empresa lançou o Compact Cassette, que revolucionou a maneira como as pessoas tocavam e gravavam música. Mais de 100 bilhões de fitas cassete foram vendidas globalmente nos últimos 58 anos e o formato está tendo um ressurgimento de popularidade nos últimos anos. Ottens também se envolveu no desenvolvimento do disco compacto (CD), lançado na década de 1980. Ottens aposentou-se em 1984, mas permaneceu ativo no campo da tecnologia por muitos anos.

LG Petrov

Entombed AD e o ex-vocalista do Entombed Lars-Göran Petrov, que foi uma das vozes definidoras do gênero death metal, morreu no domingo, 7 de março de 2021, após ser diagnosticado com câncer terminal do ducto biliar. O vocalista sueco tinha 49 anos. Entombed AD escreveu no Facebook: & quotEstamos arrasados ​​em anunciar que nosso querido amigo Lars-Göran Petrov nos deixou. Nosso irmão, líder, vocalista, nosso Chefe Rebelde Angel deu outro passeio ontem à noite. É com a mais profunda tristeza que temos de anunciar que Lars-Göran Petrov nos deixou. Ele era (é.) Um amigo incrível e uma pessoa que tocou tantas pessoas. Ele mudou tantas vidas com sua voz, sua música, seu caráter e sua personalidade única. O sorriso LG & # x27s é algo que levaremos para sempre em nossos corações. Quando questionado em uma entrevista sobre o que ele gostaria de ter escrito em seu túmulo e sobre seu legado, ele disse: & # x27Eu nunca morrerei, ele nunca morrerá. & # X27 E você não & # x27t. Você viverá para sempre em nossos corações. & Quot

Jim Steinman

O compositor e produtor Jim Steinman morreu em 19 de abril de 2021 de insuficiência renal aos 73 anos. Steinman escreveu o álbum de estreia Meat Loaf & # x27s & # x27Bat Out of Hell & # x27 em 1977 e tornou-se um dos álbuns mais vendidos de todos os tempos deslocando mais de 50 milhões de unidades em todo o mundo. Ele também escreveu e produziu Meat Loaf & # x27s sexto álbum de estúdio & # x27Bat Out of Hell II: Back into Hell & # x27 em 1993, que gerou o hino gigantesco & # x27I & ​​# x27d Do Anything for Love (But I Won & # x27t Do That ) & # x27 que alcançou o primeiro lugar em 28 países, incluindo os EUA e o Reino Unido. Steinman também trabalhou em estreita colaboração com a cantora galesa Bonnie Tyler ao longo dos anos 1980 e escreveu seu maior hit & # x27Total Eclipse of the Heart & # x27 e o sucesso internacional & # x27Holding Out for a Hero. & # X27Outros notáveis ​​créditos de composição do mundo do rock e além em seu estilo teatral de marca registrada incluem Air Supply & # x27s & # x27Making Love Out of Nothing at All & # x27, The Sisters of Mercy & # x27s & # x27This Corrosion & # x27 e & # x27More & # x27, Barry Manilow & # x27s & # x27Read & # x27Em and Weep & # x27 e Celine Dion & # x27s capa de & # x27It & # x27s All Coming Back to Me Now. & # x27

John Hinch

O baterista do Judas Priest, John Hinch, morreu na quinta-feira, 29 de abril de 2021, aos 73 anos. Antes de ingressar no Judas Priest, Hinch foi membro da banda Hiroshima de 1972 a 1973 ao lado de Rob Halford. A dupla foi recrutada por K.K. Downing e Ian Hill se juntaram ao Judas Priest em 1973 e John Hinch passou a tocar em apenas um álbum de estúdio, Priest & # x27s 1974 debut & # x27Rocka Rolla. & # X27 Ele saiu da banda logo depois devido a diferenças musicais. Em homenagem a Hinch, Rob Halford disse: & quotSeu estilo era forte, direto e único. Eu & # x27 estarei explodindo & # x27Rocka Rolla & # x27 hoje! & Quot K.K. Downing disse: & quotHá tantas memórias de momentos loucos e divertidos que todos nós compartilhamos juntos. John sempre foi tão confiável e fez tudo com o melhor de sua capacidade, incluindo sua bateria, que olhando para trás só pode ser descrita como perfeita. O fato de ele ter continuado a tocar até o último dia é uma prova de sua habilidade e dedicação ao seu amor pela bateria. & Quot

Tawny Kitaen

Atora e ícone do metal, provavelmente mais conhecida por suas aparições em videoclipes do Whitesnake na década de 1980, Tawny Kitaen morreu na sexta-feira, 7 de maio de 2021. Sua causa de morte não foi revelada. Julie E. & quotTawny & quot Kitaen primeira & # x27s incursão na fama veio quando suas pernas apareceram no Ratt & # x27s EP autointitulado de estreia em 1983. Ela também apareceu no vídeo musical Ratt & # x27s & # x27Back for More & # x27 e enfeitou a manga do álbum de estreia da banda & # x27s & # x27Out of the Cellar & # x27 no ano seguinte. Kitaen conseguiu vários papéis no cinema na década de 1980, incluindo Tom Hanks e # x27 noiva em despedida de solteiro. Durante o apogeu da MTV, Kitaen foi impulsionada para a fama global quando ela apareceu em três vídeos do Whitesnake de seu álbum blockbuster & # x27Whitesnake & # x27 - & # x27Still of the Night & # x27, & # x27Is This Love & # x27 e a segunda versão de & # x27Here I Go Again. & # x27 Mais tarde ela apareceu em Whitesnake & # x27s & # x27The Deeper the Love & # x27 vídeo de seu álbum de 1989 & # x27Slip of the Tongue. & # x27 Kitaen se casou com Whitesnake lynchpin David Coverdale em 1989, mas eles separados dois anos depois. Ela deixa suas duas filhas, Wynter e Raine.

Florian Pilkington-Miksa

Florian Pilkington-Miksa, o baterista original dos roqueiros progressivos Curved Air, morreu na quinta-feira, 20 de maio de 2021, aos 70 anos. Dando a notícia de sua morte, a cantora do Curved Air, Sonja Kristina, escreveu: & quotFico muito triste ao saber da morte repentina de meu Amigo de longa data e companheiro de banda, Florian, que faleceu pacificamente às 7h30 de 20 de maio de 2021. Eu sabia que seus pulmões estavam comprometidos após surtos de pneumonia. Florian era um homem e músico único. Seu estilo de bateria incorporou todos os ritmos das notas para que ele tocasse & # x27a música & # x27 em vez de uma batida de bateria de livro didático. & Quot Florian Pilkington-Miksa tocou no Curved Air & # x27s primeiros três álbuns de estúdio & # x27Air Conditioning & # x27 (1970) , & # x27Second Album & # x27 (1971) e & # x27Phantasmagoria & # x27 (1972) e também seu enorme hit número 4 & # x27Back Street Luv. & # x27 Quando Curved Air reformou em 2008, ele voltou para a banda e permaneceu com eles por uma década.

Kevin Clark

Kevin Clark, que interpretou o baterista Freddy & quotSpazzy McGee & quot Jones na comédia musical de sucesso de 2003, School of Rock, foi morto na madrugada de quarta-feira, 26 de maio, quando sua bicicleta foi atropelada por um carro no bairro de Avondale em Chicago. Ele tinha apenas 32 anos. Seu co-estrela de School of Rock, Jack Black, liderou os tributos, escrevendo no Instagram: & quotDevastating news. Kevin se foi. Muito cedo. Alma bonita. Tantas lembranças ótimas. Com o coração partido. Enviando amor para sua família e para toda a comunidade da School of Rock. & Quot Nascido em Highland Park, Illinois, em dezembro de 1988, Kevin Clark começou a tocar bateria aos 3 anos de idade e já tinha mais de uma década de experiência como kit de bateria quando era escalado como Freddy Jones em School of Rock. No filme dirigido por Richard Linklater, que arrecadou mais de £ 100 milhões na bilheteria global, Kevin Clark interpretou Black Sabbath e # x27s Iron Man ao lado do filme & # x27s guitarrista, Joey Gaydos Jr.


After Tawny Kitaen & # 039s Death, Whitesnake & # 039s & # 039Here I Go Again & # 039 estreia na parada de músicas de hard rock quente

Após a morte de Tawny Kitaen, que estrelou o vídeo do hino dos anos 80 do Whitesnake "Here I Go Again", a faixa estreia em primeiro lugar no ranking Painel publicitárioA parada de músicas do Hot Hard Rock de 22 de maio.

Na semana que terminou em 13 de maio, "Here I Go Again", que liderou o Billboard Hot 100 por uma semana em outubro de 1987, atraiu 2,5 milhões de streams dos EUA, um aumento de 22%, e vendeu 1.000 downloads, um aumento de 178%, de acordo com MRC Data . (Músicas mais antigas são permitidas na Hot 100 e em suas paradas baseadas em gênero que usam a mesma metodologia se forem classificadas nas metades superiores das listas e têm motivos significativos para seu ressurgimento).

Kitaen morreu em 7 de maio aos 59 anos. A causa da morte ainda não foi anunciada.

A entrada do single marca a primeira visita do Whitesnake ao Hot Hard Rock Songs, que começou há quase um ano. É também a primeira aparição da banda no Hot Rock & amp Alternative Songs (lançado em 2009), onde começa na 21ª posição.

Ao mesmo tempo, a contagem de downloads de "Here I Go Again" é suficiente para que ele volte a entrar no Hard Rock Digital Song Sales no terceiro lugar e no Rock Digital Song Sales no segundo lugar. A canção alcançou o terceiro e oitavo lugar nas paradas. , respectivamente, em 2016, quando foi destaque em um anúncio de volta às aulas do Walmart. "Is This Love", outra música do Whitesnake cujo vídeo é estrelado por Kitaen, também salta de volta para Hard Rock Digital Song Sales na 24ª posição, com um aumento de 173% para 1.000 unidades vendidas.

"Here I Go Again" é um dos vários títulos clássicos no Hot Rock & amp Alternative Songs, com outros de volta graças em grande parte à mais recente venda de 69 centavos da iTunes Store, liderada por "Dreams" do Fleetwood Mac na décima posição.


Após a morte de Tawny Kitaen, que estrelou o vídeo do hino dos anos 80 do Whitesnake "Here I Go Again", a faixa estreia em primeiro lugar no ranking Painel publicitárioA parada de músicas do Hot Hard Rock de 22 de maio.

Na semana que terminou em 13 de maio, "Here I Go Again", que liderou o Billboard Hot 100 por uma semana em outubro de 1987, atraiu 2,5 milhões de streams dos EUA, um aumento de 22%, e vendeu 1.000 downloads, um aumento de 178%, de acordo com MRC Data . (Músicas mais antigas são permitidas na Hot 100 e em suas paradas baseadas em gênero que usam a mesma metodologia se forem classificadas nas metades superiores das listas e têm motivos significativos para seu ressurgimento).

Kitaen morreu em 7 de maio aos 59 anos. A causa da morte ainda não foi anunciada.

A entrada do single marca a primeira visita do Whitesnake ao Hot Hard Rock Songs, que começou há quase um ano. É também a primeira aparição da banda no Hot Rock & amp Alternative Songs (lançado em 2009), onde começa na 21ª posição.

Ao mesmo tempo, a contagem de downloads de "Here I Go Again" é suficiente para que ele volte a entrar no Hard Rock Digital Song Sales em terceiro lugar e Rock Digital Song Sales em segundo lugar. A canção alcançou os n ° s 3 e 8 nas paradas. , respectivamente, em 2016, quando foi destaque em um anúncio de volta às aulas do Walmart. "Is This Love", outra música do Whitesnake cujo vídeo é estrelado por Kitaen, também salta para o Hard Rock Digital Song Sales na 24ª posição, com um aumento de 173% para 1.000 unidades vendidas.

"Here I Go Again" é um dos vários títulos clássicos no Hot Rock & amp Alternative Songs, com outros de volta graças em grande parte à mais recente venda de 69 centavos da iTunes Store, liderada por "Dreams" do Fleetwood Mac na décima posição.


Melhor dos anos 80

& # 8220Eu não & # 8217não sei para onde vou & # 8217, mas com certeza sei onde estive & # 8217, pendurado nas promessas das canções de ontem & # 8230 & # 8221

Lamentamos & # 8230 você estava dizendo algo? Estávamos um pouco distraídos por este vídeo de uma mulher gostosa dando um salto frontal sobre dois Jaguares.

Ficaria surpreso em saber que eles já existiam há nove anos quando seu álbum autointitulado atingiu Sam Goodys em todos os lugares na primavera de 1987? Ou que, ao todo, os meninos liderados por David Coverdale gravaram 11 álbuns?

& # 8230 & # 8217 porque quando & # 8220Here I Go Again & # 8221 explodiu em nossas caixas de som naquele verão, poderíamos ter jurado que esses caras eram a coisa mais nova (embora, claro, eles pareciam um pouco demorados), e que eles estavam destinados à grandeza.

Oops, a carreira musical de Whitesnake e # 8217 inteira pode ser engarrafada nos últimos seis meses de 1987 e começou para valer com & # 8220Here I Go Again. & # 8221

Ao todo, & # 8220Here I Go Again & # 8221 passou 28 semanas insanas nas paradas, embora apenas uma (10 de outubro, & # 821787) estivesse no primeiro lugar. Mas isso é bom o suficiente para nós.

Desde a abertura quase etérea (e as fotos igualmente etéreas da adorável Tawny Kitaen spread-eagle nos Jags) até o hard-rockin & # 8217 acabamento, & # 8220Here I Go Again & # 8221 era puro rock, puro Whitesnake e, oh , então anos 80.


“Here I Go Again” de Whitesnake está no topo das paradas - HISTÓRIA

Os meados de & # 821780 não eram & # 8217t apenas sobre bandas de dança e canções pop & # 8211 as baladas de metal estavam em demanda, como Aqui vou eu novamente pela banda brit metal Cobra Branca.

A canção foi incluída pela primeira vez no álbum Saints & amp Sinners de 1982 do Whitesnake & # 8217s, mas foi regravada e incluída novamente em seu álbum homônimo de 1987.

A canção foi escrita pelo vocalista David Coverdale e pelo ex-guitarrista da banda Bernie Marsden.

As letras foram ligeiramente alteradas para a nova versão da música e um novo videoclipe foi criado. O primeiro vídeo apresentava Coverdale cantando a música em um teatro, com a banda no palco.

A segunda versão do vídeo, criada para o público da MTV, mostrou Coverdale cantando, enquanto a modelo / atriz Tawny Kitaen em lingerie tenta chamar sua atenção, enquanto se contorce em cima dos imaculados carros esportivos Jaguar que ele dirige.

O segundo turno provou o charme, com a música subindo nas paradas depois de ser lançada em outubro de 1987, e atingindo o primeiro lugar na Billboard Hot 100 no mesmo mês.

Para uma visualização da segunda versão distinta do videoclipe Here I Go Again & # 8211 Whitesnake. E o fim da história? David Coverdale casou-se com Tawny Kitaen em 1989.


Bernie Marsden e a história de Whitesnake & # 8217s & # 8216Aqui vou de novo & # 8217

O podcast da série limitada 100 Years of Radio - 100 Years of Hit Makers oferece aos fãs de música um lugar na primeira fila para conversas com compositores por trás de alguns dos maiores sucessos de ontem e hoje. Você aprenderá as histórias por trás das músicas com as pessoas que as escreveram. Cada episódio focará em um escritor: às vezes, eles falam apenas sobre uma música, outras vezes, eles falam sobre uma série de sucessos.

Novos episódios serão lançados todas as segundas-feiras a novembro de 2020.

A série de podcast 100 Years of Radio - 100 Years of Hit Makers é produzida em parceria com o Beasley Media Group, XPERI (HD Radio) e BMI em comemoração ao aniversário de 100 anos da primeira transmissão de rádio comercial.

Bernie Marsden co-fundou o Whitesnake no final dos anos & # 821770 com os ex-membros do Deep Purple David Coverdale (vocais) e Jon Lord (teclados), e a banda teve uma sólida sequência de fãs de hard rock durante os primeiros & # 821780s. Ele co-escreveu várias das melhores músicas da banda & # 8217s, incluindo & # 8220Fool for Your Loving & # 8221 e & # 8220Walking in the Shadow of the Blues & # 8221 antes de deixar a banda em 1982. Em 1987, a banda & # 8212 que contou com Coverdale liderando uma formação completamente diferente & # 8212 decidiu regravar outra música que Marsden co-escreveu. Isso foi & # 8220Here I Go Again. & # 8221 Conversamos com o guitarrista, um aficionado de blues que se refere a si mesmo como & # 8220a Freddie King guy & # 8221 sobre seu maior sucesso.

Fale sobre como escrever & # 8220Aqui vou de novo. & # 8221

A música foi escrita bem tarde, quando estávamos fazendo Santos e pecadores, Acho que foi a última coisa que gravamos, na verdade. E foi a última coisa que gravei pessoalmente com a banda, o que é meio irônico. Não que isso me incomode. Eu sabia que tínhamos algo bom e sabia que era uma música muito decente e. foi um sucesso aqui [no Reino Unido] logo após a separação da banda. O Whitesnake ainda pretendia ser uma banda de trabalho da gravadora na época. Mas não foi. E assim o registro foi para as paradas. E eu acho que foi um sucesso entre os 30 melhores. Eu não acho que foi um grande sucesso. Foi há muito tempo.

A música veio junto rapidamente. Eu tinha uma demonstração finalizada, sobre a qual contei a David, e então trabalhamos juntos e mudamos algumas coisas aqui e ali. Mas a música estava praticamente em forma. Liricamente, ele mudou [parte], o que foi legal, porque ele é o cara que vai cantar a música. Mas não demorou muito para acontecer. E nós fomos ao estúdio e apresentamos. O resto dos caras & # 8212 era [tecladista] Jon Lord e [baterista] Ian Paice e eles apenas disseram, & # 8220Isso é legal. & # 8221 E Jon Lord amou a introdução e disse, & # 8220I & # 8217 tocaremos no órgão Hammond. & # 8221

CQuando você ouve aquele órgão, é como & # 8220Isso & # 8217s Jon Lord. & # 8221

Cuando eu toquei para ele pela primeira vez, ele disse: & # 8220Jogue de novo. & # 8221 Então, toquei de novo. E ele olhou para mim com uma espécie de sorriso e aqueles olhos lindos que Jon havia dito. Ele disse: & # 8220Você é uma coisinha inteligente, não é? Você pegou um gancho imediatamente com aquela introdução, e é por isso que eu quero ser aquele que toca no disco. & # 8221

Nunca argumentei com o grande Jon Lord, posso garantir!

Você e aquela versão da banda escreveram muitas músicas de rock excelentes. Mas essa é uma música que transcendeu o rock para se tornar um hit pop. Com os sucessos pop, as pessoas nem necessariamente sabem quem fez essa música. Eles apenas conhecem a música.

Na América do Norte, suponho, incluindo o Canadá, onde também era o número um, acho que & # 8230 com toda a razão & # 8217s provavelmente noventa e cinco por cento ou noventa por cento das pessoas que apenas pensam em mim como & # 8220Oh, ele & # 8217s um compositor. & # 8221 Meu nome não está associado à banda Whitesnake, porque quando ela era grande na América do Norte, eu já estava muito tempo fora da banda. E não há razão para que alguém devesse ter pensado de forma diferente. E isso nunca me incomodou. Eu simplesmente achei irônico que no pico do Whitesnake & # 8217s na América, a gravadora tivesse escolhido uma música da última formação da banda para retrabalhar, e eu achei que eles fizeram um trabalho muito bom. Acho que [o produtor] Mike Stone fez um ótimo trabalho no estúdio. Acho que a banda era muito boa na época. Acho que Dan Huff colocou um ótimo solo de guitarra nele

As pessoas dizem: & # 8220Você fica incomodado ao ouvir isso? & # 8221 Não, não me irrita nem um pouco. E embora fosse Whitesnake, eu podia [ouvir e] pensar, & # 8220Bem, aqui é Journey. & # 8221 Ou, & # 8220Este é um estrangeiro. & # 8221 Ou, & # 8220Este é Toto. & # 8221

Era apenas uma banda da qual eu fazia parte, com o mesmo nome. Ao ouvir a maneira como eles abordaram isso, pensei: & # 8220Isso poderia ser muito, muito bem-sucedido. & # 8221 Não tinha ideia de quão [bem-sucedido]. Claro. Mas havia algumas indicações, indicadores de como seria, porque os registros da Geffen da época e [o executivo da Geffen] John Kalodner, em particular, foram muito, muito positivos sobre isso.

A maioria das bandas não grava uma música e tem um hit com ela na segunda vez que a grava. Como você disse, você esteve fora da banda por um tempo. Quando foi apresentada a você a ideia de que, & # 8220Ei, nós & # 8217 vamos refazer essa música para o próximo álbum do Whitesnake? & # 8221

It was never “introduced” to me. Oh, I heard a few rumors, but nothing tangible. And then I started getting phone calls about a video. Which was the video with the Jaguars and with Tawny [Kitaen, who starred in the video]. Doing her thing, so to speak up. But the big thing, obviously, was MTV.

So I got more calls about, “Have you seen ‘Here I Go Again?'” long before I’d heard it. And I remember I was doing a gig in Liverpool, I think it was. And there was one of these TV screens up on the bar. And one of the guys in the bar said, “Your song’s on the TV.” That was the first time I saw and heard it, at the same time. I was pretty impressed with it, to be honest with you. It was great.

I was listening to them back to back before talking to you. I think it’s Don Airey who plays keyboards on the 1987 version. As you mentioned, it’s a band with the same name, but it’s a completely different band [from the one you were in] other than David.

Sim. It never bothered me, Brian. I was never an issue. I mean, Don Airey and I went back to 1974 Don Airey and I were in a band with Cozy Powell [Cozy Powell’s Hammer]. And Cozy had been in a lineup of Whitesnake. But that was after I was in the band. But Don did a great job on it. It’s that kind of symphonic thing is something he’s very good at. I think he was a hired musician for that record, like I think most of the guys were. It’s very much a David Coverdale [solo] album, although it’s called “Whitesnake.”

But when I get to quite get up and play with them these days, it’s really cool.

So you and David are still in touch?

Oh, yeah, we’re good. We’re good.

Have you ever discussed rejoining?

Oh, no, no. I know I was never really interested in that either. I mean, maybe a one-off gig at some point in the last 20 years with the original lineup would have been pretty cool. But I have no wishes or illusions of being involved in Whitesnake as it is today. No, I’m much different. You know, whether it’s a physical thing or an age thing, whatever. Now, that’s not my bag, really. You know, I’m a [blues legend] Freddie King guy, you know.

The band I was in was great. We put some fantastic music together. It was a wonderful band to be in. And it was a great live band. And then when that came to an end for me in 󈨖, 󈨗, I was 30 years old or whatever it was. And it was like, “What am I going to do now?” And I’ve been saying that ever since. And there was always something to do. And then after 󈨛, with the success of “Here I Go Again.” I became strangely connected again to Whitesnake. And that’s that’s never gone away.

I imagine it must have changed your lifestyle as well, getting publishing [royalties] on a song like that.

I guess it must have! [laughs]

I’m not trying to spy on your bank account or anything!

[Laughs] Obviously, as a writer of a huge, huge song there’s benefits, but the benefits work both ways. You know, Whitesnake became a very, very huge live band in North America long after the guys that put the band together did all the groundwork. And the biggest success of that was because of “Here I Go Again.” So, you know, I feel part of it. And without “Here I Go Again,” would Whitesnake have continued or or would I have had the remuneration? Obviously I wouldn’t. But would Whitesnake have had the long career that they did without “Here I Go Again?”

In the original version, the lyrics were, “Like a hobo, I was born to walk alone.” They changed it to “Like a drifter.” Did you ever ask why they changed the words?

No, I was told why, but I didn’t ask. I was told the reason for it. And it made me laugh. But “drifter” in America is a kind of a cool word.

I’m sure you’ve seen the Geico commercial that’s always on, with a guy using the lyrics for his wedding vows.

Yeah, the Geico thing has that’s been quite a big thing, Joe Bonamassa calls me constantly and sends me texts every hour, saying “You’ve been on twelve times this hour!” And Steve Lukather. So I’m not trying to namedrop here! These are friends of mine. The Geico thing is really big. But there was a Wal-Mart commercial before that. For that, I’m very thankful. But all I can say is the Americans have very good taste!

So obviously right now is a very, very weird time for everybody, particularly musicians. I know you were playing [Whitesnake’s 1980 album] Ready An’ Willing on tour. What are you planning to do if touring comes back.. which it hopefully will.

Yeah, hopefully. I’m sure it will at some point. o Ready An’ Willing thing was looking very cool. I was not trying to recreate Whitesnake, but what we’d done was recreate a period of music from that time and it was looking likely it was going to be very, very popular. We did four sold-out shows and we were ready to roll this year with it. And that’s not going to happen now. So by the time things come back, we might I might think about [1981’s] Come An’ Get It, [because it’ll be the 40th anniversary]. But there’s still a lot of mileage left in Rady An’ Willing. So you know, doing an evening of Whitesnake music is still like a popular thing with promoters and stuff. And if I do my own shows, you know, with my current material and stuff, obviously I’m going to still put those songs in because without those songs, people wouldn’t still be buying a ticket to come and see me play.

I think that anything that was kind of popular before the pandemic if there’s a vaccine and people feel comfortable with going out, it’s going to be even more popular after. Because people now are dying to see new music.

And the musicians are, you know, just chomping at the bit to say, I have 25 dates in the book. So it works both ways, you know, and there’s not a monetary thing, We’re all sitting there with books with no gigs in.

I’ve done a lot of interviews with people like yourself people have taken the opportunity with the lockdown’s to talk to people, which has been great. But there’s no substitute for walking out on those boards and saying, “Good evening. we’re going to have a good time tonight.”

A guy like Bonamassa, he’s always touring. And he’s probably okay to sit out a year or two. And, he probably doesn’t have to worry about the money, but his bass player may not be able to look at it that way. His bass tech might not be a look at it like that.

Exactly. That’s the problem.

It’s like the guy who prints the tickets for the gigs and the people that work for him and the guys that work for that, the effect is enormous. And, you know, the vaccine is obviously the thing that we’re all waiting for and hoping for, so that things can get back to whatever is going to become normal.

Here in America, I’m sure in England as well, the arenas are not going anywhere. They’re not going to get knocked down. Sports teams are still going to exist. But the smaller clubs, that’s the problem. If they haven’t been able to pay their rent in months and pay their, people, it’s like they may not be able to reopen.

I had I think about 20 shows in the book for the last couple of months and I think at least five of those [vanues] have closed. So that’s the tip of the iceberg. Maybe there’s some way of bringing them back. But the moment the club owners say, “Look, we just cannot keep paying these rents because we have no gig.”

I’ve talked to John Fogerty about this and he mentioned that he has been in a situation where they’re playing a Creedence Clearwater Revival song, but he doesn’t really look like a rock star, he doesn’t make a big deal out of himself. He just acts like a regular guy. So he’ll be around people singing along to songs. They have no idea that he’s the guy who wrote it and they may be standing next to him online at the supermarket or something. Have you had situations like that?

I’ve been in that very situation and I’m very honored to be mentioned in the same sentence as John Fogerty, believe me. One of my great heroes, to be honest. Now, I’ve been in places where they’ve been playing the song and they have no idea that the guy wrote the song is sitting at the next table that’s kind of amusing in a way, guy. And especially when you see people singing the song and the enjoyment they get from it. And, you know, that’s kind of cool. And I’ll never stop enjoying that.

I went to see John Mayer a couple of years ago, in London. And, you know, I went to the gig with my daughter, who’s a Big John fan. And I must have signed more autographs that afternoon than I had in probably the previous year because the place was full of guitar players and other musicians. And it was like a big queue and I was laughing my head off and my daughter was saying, “This is crazy!” I was just a guy going into the gig, the same as them, which is how it should be.


Whitesnake’s “Here I Go Again” tops the charts - HISTORY

After putting Whitesnake on hold, David Coverdale took "private time to reflect" and re-assess his career direction. He was soon put in touch with ex-Led Zeppelin guitarist Jimmy Page, and after meeting up in March 1991, a joint project was set in motion.

Although the titles Legends and even Led Zeppelin were touted for their new group, they settled on Coverdale Page, and began recording a debut album in late 1991 along with bassists Ricky Phillips (Bad English) and Jorge Casas (Gloria Estefan's Miami Sound Machine), and drummer Denny Carmassi (from Heart). After a great deal of pre-publicity from EMI, 'Coverdale Page' was released in March 1993, hitting the top 5 in both the US and UK album charts. Despite the strength of the album (which was heavily derivative of Led Zeppelin), it disappeared from the charts with unexpected speed, and projected ticket sales for a US summer tour were poor enough for the whole thing to be cancelled. Caught up in a recession which was hitting other 'classic' rock artists at the time (Deep Purple's 1993 US tour also didn't happen), the band were reduced to just playing shows in Japan. A touring band was put together using Carmassi from the album musicians, with new recruits Guy Pratt on bass (who had toured with the post Roger Waters version of Pink Floyd), and ex Dave Lee Roth keyboard player Brett Tuggle. The band performed a selection of new material with Led Zep and Whitesnake tracks mixed in, before going their separate ways after the show in Nagoya on December 22nd 1993. With old Led Zep vocalist Robert Plant now amenable to working with Page once again, he began to plan 1994's MTV 'Unledded' show, while David Coverdale was soon back in action with a new line-up of Whitesnake.

photo: Jimmy Page, David Coverdale

EMI/Geffen's July 1994 Whitesnake 'Greatest Hits' compilation was a resounding success in the UK, reaching no.1 in the album charts, but performed more disappointingly in North America. In conjunction with its release, David Coverdale put together a new lineup of the band, which toured Europe, Japan, and Australia between June and October 1994.

Old hands Adrian Vandenberg and Rudy Sarzo rejoined from their Manic Eden project, along with new members Denny Carmassi (fresh from Coverdale Page), Warren De Martini (ex Ratt), and Cher's keyboard player and arranger Paul Mirkovich. The tour concentrated on the 1984-89 material, although after its conclusion Coverdale pointedly distanced himself from the glitz of the era in question, and began to record an album with the aim of resurrecting the rootsier spirit of the band's early years.

(Photo: Paul Mirkovich, Warren de Martini, David Coverdale, Denny Carmassi, Adrian Vandenberg, Rudy Sarzo)

"Restless Heart" was recorded using a mixture of personnel from Whitesnake Mk11 (Vandenberg and Carmassi) along with members of Coverdale Page's touring band (Guy Pratt on bass, and Brett Tuggle on keyboards). Originally intended as a solo project, it appeared with relatively little fanfare under the 'David Coverdale & Whitesnake' banner in June 1997, receiving favourable reviews and modest sales.

The single 'Too Many Tears' (a '1987' era out-take), similarly stalled in the UK chart at #46. It's monochrome promo video (featuring future member Marco Mendoza on bass) was as downplayed as 1990's 'Now You're Gone' had been overdone. The tour (which ran from September to December 1997) took in Europe and South America. It was (prematurely) labelled as Whitesnake's farewell tour, and described at the time by Coverdale as "the last tango.. the last hurrah". The live band included Carmassi and Vandenberg, along with session keyboard player Derek Hilland, ex Mister Mister guitarist Steve Farris, and ex The Firm bassist Tony Franklin. Initial promotion for the album lead to one of the David Coverdale's most worthwhile side projects. While on the European TV and radio circuit, David performed a short acoustic set in Poland accompanied only by Adrian Vandenberg on guitar. This went so well that a show was performed and filmed at EMI Studio 3 in Tokyo on July 5th 1997, and released in Japan as 'Starkers In Tokyo' on CD & DVD. The CD was eventually put out in Europe.

Once the tour was over David Coverdale began work on a new album using Hilland, Franklin, and Carmassi from Whitesnake Mk12, which emerged as a solo album in 2000. 'Into the Light' was favourably compared with 'Northwinds', but failed to sell. As a result of this and an all round shedding of older acts, EMI dropped Coverdale from their label soon after. David's only live appearance around the time was a guest duet with Glenn Hughes on 'Burn' at a special show in America, and aside from involvement in his website he temporarily drifted out of public view.

(Photo Derek Hilland, Denny Carmassi, Tony Franklin, Steve Farris, David Coverdale, Adrian Vandenberg)

David Coverdale's career was publicly reactivated on Christmas Day 2002, when he announced on his website that Whitesnake would begin touring in the new year. The personnel only included drummer Tommy Aldridge from previous line-ups, the new men being Marco Mendoza (who had contributed to 'Into The Light') on bass, Doug Aldrich (ex Dio) on guitar, Reb Beach (ex Winger) on guitar, and Timothy Drury (The Eagles) on keyboards.

Whitesnake began their first US tour in over 12 years in Jacksonville, on January 29th 2003, shortly after Geffen's 1984-1989 compilation CD 'Here I Go Again' hit the shops, and spent a large part of the year on the road, largely on the classic rock nostalgia circuit. This was particularly the case in the UK, where they toured successfully with Gary Moore and Y&T under the 'Monsters Of Rock' banner. A variety of compilations also appeared in Europe. Without any new studio product, the 2004 tour was recorded.The show from Hammersmith Apollo was released on DVD as 'Live. In The Still Of The Night' in January 2006 and sold well. By then Marco Mendoza had upped sticks for his Soul Sirkus project, to be replaced by session bassist Uriah Duffy .

(photo. Tommy Aldrdidge, Timothy Drury, Reb Beach, David Coverdale, Doug Aldrich, Marco Mendoza)

Uriah Duffy joined Whitesnake with the band's fortunes on a slow upward curve. They kicked off their June 2005 US tour as "The Rock n' Roll, Rhythm & Blues Show", and have continued to play to large audiences worldwide.

A live album recorded during 2006 was released later in the same year as "Live In The Shadow Of The Blues" (Coverdale having switched labels to SPV for this) with the additional teaser of four new studio tracks. During 2006 Coverdale also oversaw the remastering of half a dozen of his older Whitesnake albums, plus a special twentieth anniversary edition of 1987. With Whitesnake off the road in 2007, Tommy Aldridge went on tour with ex-Whitesnake members Marco Mendoza and John Sykes in the tribute incarnation of Thin Lizzy (including a support slot on Deep Purple's 2007 UK tour). It was eventually announced in December that he was being replaced in Whitesnake by ex Steve Vai band drummer Chris Frazier.

The announcement of Chris Frazier's addition to the ranks mentioned that he had already added drum parts to Whitesnake's new studio album. 'Good To be Bad' was released in the spring of 2008, and was a huge hit in many parts of the world. It reached the top five in the UK album charts, and was backed by a series of tours lasting into August 2009, when a US tour along with Judas Priest was pulled due to David Coverdale suffering voice problems.

The departures of Duffy and Frazier were announced in June 2010, along with news that the new drummer was to be Brian Tichy, formerly of Billy Idol's band, Foreigner and Lynch Mob.

(Photo: Doug Aldrich, Chris Frazier, David Coverdale, Reb Beach, Uriah Duffy, Timothy Drury)


On 20 August 2010 ex Lynch Mob player Michael Devin was confirmed as Whitesnake's new bassist, together with the news that he would appear on Whitesnake's.forthcoming studio album. A further change of personnel was announced on 13 September 2010, with Timothy Drury leaving for pastures new. The announcement mentioned that work on completing the new album would take priority over filling the keyboard positon. Drury returned temporarily to plays keys on the album, and new keyboard player Brian Ruedy was only drafted in during March 2011, in time for the beginning of a new world tour. "Forevermore" was released in the same month to a generally positive response, reaching #12 in the UK charts despite having been made available earlier as part of a "Classic Rock" magazine special.

Brian Tichy announced his departure in early January 2013 in order to pursue his Something Unto Nothing (S.U.N.) project. With Japanese and UK tour dates planned for May his replacement was revealed in the same month and proved to be a familiar name - Tommy Aldridge, back for his third stint in the band.

. 1991-1993 David Coverdale Discography .

David Coverdale, UK Solo Single
Last Note Of Freedom : 1990 (movie soundtrack)

Coverdale Page UK Singles
Take Me For A Little While / Waiting On You : 1993

. 1994-2011 David Coverdale & Whitesnake Discography .

Completing the Collection
The Japanese Restless Heart featured 3 bonus tracks: Anything You Want / Can't Stop Now / Oi (instrumental). The 2006 Live In The Still Of The Night DVD (see below) includes a ltd edition nine track CD from the same show.
UK Singles
Too Many Tears /Can't Stop Now : UK 1997

. 1994-2008 Whitesnake On DVD .

STARKERS IN TOKYO
EMI - DVD
Same music as the CD version, but with a few 'out-take' clips of songs such as 'Only My Soul'. Only officially released in Japan. Some of the tracks were used as extras on the 'Slide It In' and 'Slip Of The Tongue' remasters.

LIVE. IN THE STILL OF THE NIGHT
Cadiz - DVD
Whitesnake Mk13 show from Hammersmith 2004. Opens with Burn, but mostly consists of 1984-87 era Whitesnake tracks. Some of the tracks have also been used as extras on the '1987', 'Slide It In' and 'Slip Of The Tongue' remasters.
DPAS ONLINE STORE

Completing The Collection:
A DVD collection of Coverdale and Whitesnake promo videos has been mooted. Coverdale Page made promos for 'Pride & Joy' and 'Take Me For A Little While'. 'Too Many Tears' and 'Don't Fade Away' from Restless Heart had promos made for them, as did 'Love Is Blind' from Into The Light.

'A limited edition of ' Good To Be Bad' came with a bonus CD containing four tracks: Summer Rain (acoustic version), All I Want All I Need (radio edit), Take Me With You (live version - origin unknown), Ready To Rock (enhanced video). A further ltd edition from 2011 (keep up!) included a bonus DVD called 'Still Good To Be Bad', a Japanese only release originally planned to be relesed by SPV in 2009 before they hit difficulties and it was shelved. It includes promos for 'Ready To Rock' and 'Lay Down Your Love' along with seven tracks from an April 2008 acoustic performance at The Cutting Room, New York, an electronic press kit for the album, and an interview.

. 1991-2013 David Coverdale & Whitesnake, Further Reading.

at www.deep-purple.net
- Deep Purple Family Tree - click the names on the tree for individual member biographies
- DPAS Magazine Digests - 1991-94

© 2013 DPAS/Darker Than Blue.
Not to be replicated, reproduced, stored and/or distributed in any way without prior written permission


Assista o vídeo: Melanżeria program muzyczny autorski Norberta Łacińskiego (Junho 2022).


Comentários:

  1. Mamo

    Na minha opinião, você admite o erro. Entre que discutiremos. Escreva para mim em PM, vamos lidar com isso.

  2. Vukazahn

    Nele algo está. Obrigado pela dica, como posso agradecer?

  3. Smedt

    haaaaaa ........ classe

  4. Traian

    É uma pena, que agora não posso expressar - estou atrasado para uma reunião. Voltarei - necessariamente expressarei a opinião sobre essa questão.

  5. Cord

    É inútil.



Escreve uma mensagem