Podcasts de história

China Antiga: Dez Principais Obras de Arte

China Antiga: Dez Principais Obras de Arte



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.


As 10 maiores invenções e descobertas da China Antiga

A história da China é marcada por muita engenhosidade e muitas novas invenções. Isso está além das invenções mais conhecidas que incluem a impressão de tipos móveis, a pólvora, a bússola e a fabricação de papel. Pensando bem, de quantas pessoas estamos realmente cientes? Aqui nós damos a você alguns dos melhores Invenção e descobertas da China Antiga podemos pensar que esta é uma maneira interessante de aprender sobre a imensa história e a rica cultura da China:

10. Álcool: O álcool era produzido desde 2000 aC a 1600 aC por Du Kang e Yi Di pertencentes à Dinastia Xia. O consumo de cerveja com 4-5% de teor alcoólico era registrado na China antiga. Isso foi observado em esculturas de osso de oráculo como sendo usado para oferecê-los aos espíritos durante o ritual na Dinastia Shang. Os chineses foram os que descobriram que podiam adicionar mais grãos cozidos ao material fermentado para aumentar o teor de álcool. Em 1000 aC eles conseguiram criar uma bebida com mais de 11% de teor alcoólico. Já no Ocidente nenhuma cerveja com 11% de potência era feita até o século XII.

9. Relógio Mecânico: Isso é algo que utilizamos diariamente. Foi descoberto que o primeiro relógio foi inventado por um monge budista que também era um matemático por Yi Xing durante 618-907 na Dinastia Tang. Esse relógio funcionava com a ajuda de água que fluía regularmente para uma roda e completava a rotação em 24 horas. Nos tempos que se seguiram, muitos sistemas com pinos, parafusos, fechaduras e hastes eram feitos de bronze e ferro, mas eram baseados na invenção de Yi. Muitas décadas (960 a 1279) depois, um astrônomo chamado Su Sing refinou o projeto para se tornar o criador do relógio que usamos nos tempos modernos.

8. Produção de chá: De acordo com para o folclore chinês, os chás foram consumidos primeiro pelo imperador chinês Shen Nong por volta de 2.737 aC. Um inventor chinês cujo nome não é conhecido criou uma engenhoca bastante pequena que era usada para rasgar folhas de chá. Ele tinha uma roda afiada no meio de um vaso de madeira ou cerâmica que rasgaria as folhas em pequenos pedaços. No decurso das dinastias Tang (618 a 907) e Song (960 a 1279), a produção de chá aumentou rapidamente e o chá tornou-se uma bebida preferida em todo o mundo.

7. Seda: Todos nós devemos aos chineses nossa amada seda. Nós todos sabemos isso bichos-da-seda que criam o material para fazer seda com o auxílio da natureza, mas é o povo chinês que usa isso para fazer seda que pode ser utilizada em roupas e outros fins. A seda em suas primeiras formas foi encontrada na província de Henan. Remonta a 3630 aC, algumas descobertas mostram a seda no local da cultura Liangzhu, na província de Zhejiang, já em 2570 aC. Naquela época, a seda na China era a base do comércio e de outras interações com o resto do mundo.

6. Fundição de ferro e aço: há uma definição definitiva prova arqueológica para provar que o ferro, preparado pela fusão do ferro-gusa, foi uma contribuição da China antiga perto do início do século 5 aC em algum momento da dinastia Zhou (1050 aC - 256 aC). Na Dinastia Zhang (1600 aC - 1046 aC) até a Dinastia Zhou Oriental (1050 aC - 256 aC), a China se transformou em uma era de boom para a fundição de aço. Na Dinastia Han (202 aC - 220 dC), a fabricação de ferro de livre iniciativa foi eliminada e dominada pela entidade governante, gerando um florescimento na fundição de ferro. O primeiro metalúrgico conhecido na China antiga foi Qiwu Huaiwen, da Dinastia Wei do Norte (386 a 557 DC), que inventou o procedimento de usar ferro forjado e ferro fundido para criar aço.

5. Porcelana: Esta é uma forma particular de cerâmica que é produzida em altas temperaturas no forno. A porcelana veio da China, aliás assim veio a ser conhecida como china. Ela surgiu no século 16 aC, durante a dinastia Shang (1600 aC - 1046 aC), os primeiros exemplos de porcelana já haviam surgido na China. Durante a Dinastia Tang (618 a 907), surgiu a habilidade de fazer porcelana perfeita e, na Dinastia Song (960 a 1279), a porcelana chinesa tornou-se uma forma de arte conhecida em todo o mundo.

4. Bússola: Na verdade, a invenção chinesa de bússolas não foi para viagens e navegação, mas para a criação harmoniosa de edifícios e estruturas de acordo com as regras do Feng Shui. Foi descoberto em registros que um dispositivo para respigar direções estava lá na Dinastia Song. Isso foi mencionado em um livro que foi publicado em 960 - 1279. O uso adequado deste dispositivo magnético para viagens e navegação é mencionado no livro de Zhu Yu & # 8217s Pingzhou Table Talks, de 1102.

3. Pólvora: Também conhecido como pó preto no final do século 19, consistia em uma amálgama de carvão, nitrato de potássio e enxofre. Por ser realmente combustível e gerar uma enorme massa de calor e gás, esse pó foi utilizado como propelente em armas de fogo e como composição pirotécnica em fogos de artifício. Antigamente, na China, essa pólvora foi inventada e usada pelos exércitos para proteger as fronteiras. O acordo educacional atual é que a pólvora foi descoberta no século 9 por alquimistas chineses que procuravam uma fórmula para ser imortal. Wujing Zongyao, escrito por Zeng Gongliang e Ding Du na Dinastia Song (960 a 1279), é o discurso mais básico com o registro de três receitas para a fabricação de pólvora.

2. Impressão móvel: A criação chinesa da impressão em xilogravura inicialmente se tornou visível antes de 2.000 anos e formou as primeiras impressões do mundo. Na Dinastia Tang (618 a 907), os chineses começaram a imprimir usando blocos esculpidos. Então, na década de 1040, Bi Sheng, da Dinastia Song do Norte (960 a 1127), criou a impressão de tipos de argila mutáveis, o que pressagiou o início de uma grande mudança e abordagem na história da impressão. A impressão Bi & # 8217s era composta por quatro procedimentos: criação dos tipos, criação do texto, impressão e recuperação dos tipos móveis. Todas as técnicas de impressão modernas, incluindo impressão em madeira, cobre e chumbo, foram criadas com base na ideia de Bi Sheng & # 8217.

1. Fabricação de papel: Todos sabemos que os chineses foram os primeiros a fabricar e a utilizar o papel na sua forma adequada. É provavelmente a coisa mais importante que eles contribuíram para o mundo e nossa civilização moderna. De acordo com a pesquisa, o papel foi inicialmente produzido na Dinastia Han Ocidental (202 aC - 9 dC). Cai Lun da Dinastia Han Oriental (25 × 220) criou o primeiro lote de papel do mundo & # 8217 de maneira produtiva por meio de redes de pesca, cascas de árvore, pedaços de corda e trapos.

Antes da invenção do papel, os antigos chineses usavam ossos de animais, cerâmica, pedras, bronzes, bambu, tiras de madeira e tecido de seda para escrever. Esses recursos, no entanto, eram muito pesados ​​ou muito caros para uso geral. A revolução na escrita aconteceu com a invenção do papel.


O feriado mais importante na China é o Ano Novo Chinês ou Ano Novo Lunar. Ossos inscritos do oráculo indicam que existia pelo menos já no século 14 aC, quando a dinastia Shang estava no poder. Os chineses acreditam que todo mundo fica um dia mais velho nesse dia, por isso é considerado o aniversário de todos. São muitas festas de aniversário e ainda mais presentes de aniversário.

Pixabay

9 Esquadrão Suicida Yue

Quase assim que assumiu o trono em 496 aC, o rei Goujian de Yue teve que lidar com um exército invasor. Ele ainda não tinha muita experiência em liderar um país ou exército. Ele sabia que o medo e o elemento surpresa eram importantes, então ele os experimentou & mdashby deixando seus homens fazerem a última coisa que alguém poderia esperar.

Antes da batalha, Goujian organizou o esquadrão suicida mais literal da história militar e os colocou na linha de frente. Ele marchou com seus homens para os campos de batalha e fez com que olhassem o inimigo nos olhos. Então sua linha de frente lentamente cortou suas próprias gargantas.

O exército invasor não sabia o que fazer com isso, exceto que era assustador como o inferno assistir homens cortando suas próprias gargantas enquanto o odeiam.

O resto do exército de Goujian e rsquos avançou para a batalha. O exército inimigo, agora convencido de que estava lutando contra completos sociopatas, estava morrendo de medo. Suas formações se quebraram e suas linhas caíram e Goujian obteve sua vitória.


Os 10 chineses mais famosos

A China desempenhou um papel importante na história mundial, mas também dominou a política do Leste Asiático. Consequentemente, tem contribuído para grandes inovações, tornando-se globalmente uma nação de superpotência.

Todo esse grande progresso que a China fez é cortesia de seu grande povo. Essas pessoas se destacaram na indústria de tecnologia, esportes, atuação, arte, liderança, engenharia e muito mais.

A China há anos atrai muitas pessoas que vão explorar e aprender sua bela cultura. O país está repleto de recursos naturais que, no passado, governantes estrangeiros conquistaram as dinastias existentes para possuir parte de seus recursos.

A maioria dos antigos governantes contribuiu muito para o que a China é hoje. Neste blog, estarei cobrindo os 10 chineses mais famosos em diferentes áreas.

1. Bruce Lee - Artista Marcial, Ator

Começamos com Bruce Lee, que foi uma lenda famosa do cinema e das artes marciais. Ele era conhecido por suas táticas de luta rápidas, grunhidos e expressões faciais feitas durante a luta, declarações filosóficas e muito mais.

Ele revolucionou a indústria do cinema ocidental ao apresentar o Kung Fu. Ele é considerado o maior artista marcial de todos os tempos.

Depois de aparecer em filmes de madeira sagrada, ele logo ganhou um status global e foi um dos artistas marciais mais influentes.

Bruce Lee começou como uma estrela infantil, nascido em uma família rica. Ele não era apenas um ator de artes marciais, mas também um instrutor.

Ele popularizou as artes marciais em filmes depois de se mudar para Hong Kong. Bruce foi o fundador do Jeet Kune Do.

É uma filosofia de artes marciais cruzadas derivada de diferentes disciplinas de combate que são frequentemente atribuídas como a preparação do caminho para as artes marciais mistas modernas (MMA).

2. Mao Zedong- Político

Do lado político, Mao Zedong é um nome que você não perderá ao ler ou pesquisar a história da China. Ele é considerado o mais controverso revolucionário, político e teórico sócio-político chinês.

Zedong foi o fundador da República Popular da China e a converteu em um estado socialista de partido único.

Ele tornou todas as indústrias e negócios do país propriedade do Estado, garantindo que suas reformas socialistas fossem implementadas em todas as áreas da comunidade.

Zedong foi o presidente do partido comunista da China até sua morte. Seu legado é definido por suas ideologias e políticas conhecidas como Maoísmo.

3. Confúcio- Filósofo

Outro chinês famoso é Confúcio, conhecido como uma das figuras mais influentes da história chinesa.

Confúcio viveu na época de Lao Zi, foi professor, político e filósofo. Suas obras famosas podem ser encontradas em uma coleção chamada os quatro livros e os cinco clássicos.

Os livros cobrem Confucionismo, Grande Aprendizagem, Doutrina do Meio, Analectos e Mêncio. Os tópicos variam de governo, investigação intelectual, virtude e moralidade.

Sua filosofia, o confucionismo, ainda governa a cultura chinesa hoje. Ele enfatiza um código de ética sobre o culto aos ancestrais, a lealdade e as relações familiares.

Sua outra coleção, os cinco clássicos, capa de poesia, documentos políticos, discursos, cerimônias, história e o I Ching.

O I Ching tem sido usado em todo o mundo como um meio de tomar decisões difíceis por séculos. É composto de um sistema de adivinhação que usa números aleatórios, hexagramas e um conjunto de palitos de mil-folhas.

4. Jack Ma- Empresário

Jack Ma é conhecido em todo o mundo como o filantropo e um empresário de sucesso. Sua história é a de ter crescido pobre na China comunista.

Ele teve um começo difícil depois de ser reprovado no vestibular duas vezes e receber cartas de rejeição de empregadores em potencial.

Ele então optou por ser um guia turístico e aos poucos aprendeu inglês enquanto aprimorava suas habilidades de comunicação.

Seu sucesso veio depois que ele abriu sua empresa de internet Alibaba. Este foi seu terceiro negócio na Internet, ele viu sua chance de ter sucesso nos negócios online. Jack Ma foi um dos poucos indivíduos que abraçou o mercado online.

Jack Ma recebeu muitos prêmios ao longo dos anos e foi destaque em revistas de renome mundial como Forbes e Times.

5. Yao Ming- Atleta

Por Keith Allison & # 8211 Wikimedia

Yao Ming é um jogador de basquete chinês aposentado que jogou na Associação Chinesa de Basquete e na Associação Nacional de Basquete dos Estados Unidos. Ele foi um dos jogadores mais altos da NBA a liderar na votação do All-Star.

Yao é descrito como um indivíduo talentoso, dedicado e filantrópico com um bom senso de humor. Ele jogou pela China nos Jogos Olímpicos de verão de 2000 e foi o capitão da equipe chinesa no campeonato asiático da Fiba. Eles ganharam três medalhas de ouro consecutivas nesse campeonato.

Ele foi listado como a maior celebridade chinesa pela Forbes por seis anos consecutivos. Ming encerrou sua carreira cedo, após sofrer uma série de lesões que afetaram seu desempenho na quadra.

6. Dilraba Dilmurat e atriz # 8211

Dilraba Dilmurat é uma atriz, cantora e modelo chinesa que alcançou a fama com a popular série de TV chinesa ‘Diamond Lover’. Ela foi para a Shanghai Theatre Academy para estudar atuação e depois de se formar, ela estreou na série de televisão chinesa Anarhan.

A série se tornou um sucesso, assim como seu personagem, posteriormente abrindo mais papéis para ela.

Ela participou de várias outras séries de televisão, como Legend of the Ancient Sword, The Backlight of Love e Diamond Lover. Em 2015, Dilmurat ganhou o prêmio de novato favorito do público. Outro prêmio de prestígio que ela ganhou foi o de Melhor Atriz em 2017.

Ela ganhou fama no entretenimento chinês, bem como aclamação internacional.

7. Liu Yifei e atriz # 8211

Outro chinês famoso é Liu Yifei, mas conhecido como Crystal Liu. Ela é uma modelo, atriz e cantora chinesa. Liu participou de várias séries de televisão, como A História de uma Família Nobre, Demi-Gods e Semi-Devils, Chinese Paladin e The Return of the Condor Heroes.

Seus filmes de sucesso incluem Um conto de fadas chinês, Os assassinos, O reino proibido, Era uma vez, Hanson e a fera, O terceiro caminho do amor, Tão jovem 2: Nunca se foi e A viúva chinesa.

Liu é popularmente conhecida como a irmã das fadas e ganhou vários prêmios na China e internacionalmente. Ela ganhou o prêmio de Atriz Mais Carismática na cerimônia do 22º Prêmio da Sociedade de Cinematographers de Hong Kong.

Também recebeu o prémio de Melhor Atriz no 5º Festival Internacional de Cinema de Macau pelo seu papel em Os Assassinos. Esses são apenas alguns de seus prêmios.

8. Yang Jiang- Dramaturgo

Yang Jiang foi um conhecido dramaturgo, tradutor e autor chinês. Ela se tornou a primeira acadêmica chinesa a traduzir o romance espanhol "Dom Quixote" de Miguel de Cervantes & # 8217 para o chinês.

Yang nasceu em Pequim em uma família abastada em 1911. Depois de se formar na Soochow University, ela cursou a pós-graduação na Tsinghua University.

Durante a pós-graduação, ela conheceu o marido, que também era um escritor aclamado.

Além das traduções, Yang escreveu muitas peças, romances e ensaios durante sua carreira de escritora.

Em 1986, recebeu os prêmios da Ordem Civil de Afonso X e dos Sábios do Rei Juan Carlos. Esses prêmios foram uma apreciação por sua tradução de Dom Quixote.

Seu best-seller foi Women sa em 2003, que vendeu mais de 180.000 cópias em dois meses. Jiang morreu em 2016, com 104 anos.

9. Viúva Cixi e Imperatriz # 8211

A imperatriz viúva Cixi foi uma regente da Dinastia Qing que, por meio de um grupo exclusivo de funcionários inescrupulosos e conservadores, governou a China por cerca de meio século.

Ela era a concubina do Imperador Xianfeng que deu à luz seu único filho, Zaichun. Seu relacionamento com o imperador atraiu seu poder próximo e ela se tornou uma das mulheres mais poderosas da China.

Após a morte do imperador Xianfeng, seu filho Zaichun assumiu o poder e ela governou ao lado de seu filho. Pouco depois, Zaichun, que era o imperador Tongzhi, morreu e a imperatriz viúva assumiu o controle total da dinastia Qing e fez de seu sobrinho o imperador Guangxu.

Ela reinou de 1861 a 1908, quando morreu. A imperatriz viúva é creditada por transformar a China de uma sociedade medieval em uma potência moderna no cenário global.

10. Tu Youyou & # 8211 Pharmaceutical Chemist

Por Bengt Nyman & # 8211 Wikimedia

Tu Youyou recebeu o Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina em 2015. Ela foi a primeira mulher chinesa da República Popular da China a receber o Prêmio Nobel em qualquer categoria.

Tu era químico farmacêutico e malarialogista. Ela é creditada à descoberta da artemisinina e da diidroartemisinina. Eles foram usados ​​para tratar a malária e foi um avanço na medicina tropical do século XX.

Sua descoberta salvou milhões de vidas no Sul da China, Sudeste Asiático, África e América do Sul.

Ela recebeu o Prêmio Lasker 2011 em medicina clínica.

Lilian

Colaboradores do Discover Walks falam de todos os cantos do mundo - de Praga a Bangkok, de Barcelona a Nairobi. Podemos todos vir de diferentes estilos de vida, mas temos uma paixão em comum - aprender por meio de viagens.

Se você deseja aprender a história de uma cidade ou simplesmente precisa de uma recomendação para sua próxima refeição, a equipe Discover Walks oferece uma enciclopédia de viagens em constante crescimento.

Para obter informações locais e dicas de viagem de especialistas que você não encontrará em nenhum outro lugar, pesquise quaisquer palavras-chave na barra de ferramentas superior direita desta página. Viagens felizes!


10 principais armas chinesas antigas

A antiga civilização chinesa viu uma variedade de artes marciais e técnicas de batalha. O antigo exército chinês venceu muitas batalhas famosas e foi uma força muito bem-sucedida no continente asiático. E as armas, é claro, desempenharam um papel importante nisso. Essas armas antigas (medievais) foram obras-primas da engenharia e ajudaram o exército chinês a ter sucesso com muito mais facilidade. Abaixo está uma lista das 10 principais armas chinesas antigas. Se você sentir que alguma arma importante foi excluída da lista, por favor me avise na seção de comentários.

# 1. Gong 弓

O arco é chamado de & # 8220Gong & # 8221 na língua chinesa e tem uma longa história na China antiga. De acordo com materiais arqueológicos, o uso de arco pelos antigos chineses ocorreu há 2.800 anos. Os arqueiros sempre foram um ramo importante do exército imperial até o final do século XIX. Na China antiga, o arco e flecha sempre foi uma matéria essencial do exame militar para a seleção oficial.

# 2. Qiang 枪

Qiang, um tipo de lança, era uma arma importante na China antiga. O Qiang comum poderia ser uma espécie de lança com um longo bastão e ponta de aço. O Qiang foi usado em batalhas de combate de longa distância, incluindo o arremesso de lanças, mesmo depois que as armas de fogo foram introduzidas pela Dinastia Qin.

# 3. Jian 剑

O Jian, uma espada reta de dois gumes, era considerado o rei de todas as armas na China antiga. O Jian de lâmina dupla era uma arma mais difícil de controlar do que um sabre de lâmina única, então, na China antiga, Jian era geralmente possuído e usado pela classe instruída ou guerreiro habilidoso.

# 4. Dun 盾

O Dun (feito de metal, madeira ou bambu) é o nome chinês para escudo. É uma grande prancha segurada na mão para se proteger contra o ataque de outras armas, como flecha e lança. Geralmente era usado junto com um machado de adaga ou sabre.

# 5. Yue 钺

Yue é um braço em forma de machado usado na China há cerca de 3.000 anos. Tem uma lâmina expandida ameaçadora e geralmente é decorada com um animal mágico na mitologia chinesa. Yue foi criado especialmente para contra o inimigo de armadura pesada.

# 6. Nu 弩

O Nu era uma besta semiautomática inventada pelos chineses há cerca de 2.400 anos. É composto por um alimentador na parte superior e uma alavanca perto do final para repetir a ação. Besteiro habilidoso poderia lançar 10 flechas em 15 segundos antes de exaurir o carregador.

# 7. Dao 刀

O Dao era uma das armas mais comumente usadas na China antiga. Dao pode ser descrito como uma espada chinesa de um gume com cabo de madeira. Na China Antiga, o Dao era usado principalmente para combate corpo a corpo, especialmente para a cavalaria a cavalo.

# 8. Arma 棍

Embora fosse apenas um cajado simples, a arma era uma das quatro principais armas da China antiga. Geralmente era feito de bambu e usado principalmente para autodefesa. A arma raramente era usada pelo exército chinês e seu uso mais comum é para treinar novos recrutas. O exército preferia armas brancas, pois eram mais duráveis.

# 9. Fu 斧

O Fu, nome chinês para o machado, era geralmente mantido por guardas imperiais, em vez de soldados comuns. O Fu era caracterizado por uma grande lâmina que geralmente era esculpida com a imagem de um animal poderoso. Fu é semelhante a outra arma chinesa Yue, mas é muito menor e mais leve e tem aplicações mais práticas.

# 10. Ji 戟

Ji é uma arma de pólo de duas mãos usada como arma militar na China já na dinastia Shang (1600 aC e # 8211 1046 aC). É composto por um cabo longo com uma lâmina curva fixada no topo e uma ponta de metal afiada. Ji é um instrumento muito diversificado e útil, pode ser usado para cortar com a lâmina lateral ou esfaquear com a ponta.


Os 10 principais edifícios arquitetônicos impressionantes da China

Embora a China tenha a reputação de ser um dos países mais modernos e inovadores do mundo, grande parte de sua arquitetura permaneceu inalterada ao longo dos séculos de história. Pelo menos, isso é verdade em termos de edifícios como templos, que apresentam diferenças apenas em suas características decorativas.

As tentativas de criar designs modernos em torno da arquitetura chinesa antiga não tiveram sucesso, visto que a maioria dos edifícios antigos não tinha mais do que três andares. Ao passo que o que as pessoas precisam nas grandes cidades são edifícios com muitos andares.

Vemos dez das obras arquitetônicas mais impressionantes da China, tanto para antigos edifícios culturais quanto para projetos modernos, como arranha-céus.

1. O Museu do Palácio 故宮

Situado ao norte da Praça Tiananmen, no centro de Pequim, o Museu do Palácio era o palácio imperial das dinastias Qing e Ming há centenas de anos. Hoje, é um legado que formou a porta de entrada para a China moderna e é um dos maiores e mais populares destinos turísticos do mundo. É amplamente conhecida como a & # 8220Cidade proibida & # 8221 com telhados amarelos e paredes vermelhas.

2. Pagode Liuhe 六和塔

Este notável edifício está localizado em Hangzhou, na costa leste da China. O edifício que está hoje é na verdade a segunda encarnação do Pagode Liuhe, o original permaneceu por 150 anos a partir de 970 DC antes de ser destruído.

Nas dinastias Ming e Qing posteriores, há mais quatro trabalhos de reforço e uma das características mais peculiares do edifício é que parece ter treze andares do exterior, mas na verdade tem apenas sete andares no interior. Há também um parque próximo com um museu que mostra a história do pagode.

3. Torre do Banco da China 中 银 大厦

Nossa primeira incursão na arquitetura moderna nos leva a Hong Kong. O edifício foi concluído em 1989 e ainda hoje é um edifício de referência em Hong Kong. Este edifício será sempre notável, pois foi o primeiro arranha-céu a ser construído fora da América do Norte. Sua aparência distinta lembra brotos de bambu, um símbolo de prosperidade.

4. Templo de Confúcio 夫子庙

Situado em Nanjing, este templo foi projetado e construído para adorar um dos filósofos mais amados da China antiga, Confúcio. Muitos de seus ensinamentos ainda são amplamente citados e vividos até hoje, e essa construção demonstra o quão altamente ele foi, e é, considerado pela população chinesa.

5. Muralha da cidade de Xian 西安 城墙

Situada no centro da China, esta é a melhor muralha de cidade sobrevivente do país. Também é um exemplo brilhante de como as cidades antigas foram defendidas pelos exércitos militares e é provavelmente um dos melhores locais desse tipo em todo o mundo. Os visitantes podem simplesmente olhar para esta construção com admiração, ou optar por caminhar ou pedalar por ela e apreciar sua majestade.

6. Torre Diwang 帝王 大厦

Posicionada como o segundo edifício mais alto do distrito financeiro de Shenzhen, a Torre Diwang é talvez o símbolo da construção moderna na China.

Esta obra-prima de 69 andares conta com apartamentos, escritórios, lojas e restaurantes, além de um mirante na cobertura. O edifício também é usado para monitorar mudanças sutis do vento e temperaturas da costa, o que pode atuar potencialmente como um sistema de alerta precoce para tufões e outras condições meteorológicas.

7. Palácio de Potala 布达拉宫

Situado no Tibete, este Palácio de Potala abriga a sede do Dalai Lama e é o centro político moderno da região tibetana. O vasto complexo contém designs e construções incríveis, alguns dos edifícios mais inspiradores do planeta e obras de arte,

8. Torre do guindaste amarelo 黄鹤楼

Embora este edifício moderno tenha apenas 30 anos e não seja como a construção original de 1800 anos atrás, ainda é um dos edifícios mais importantes da China.

Ao longo da história, guerra e fogo devastaram continuamente a Torre do Guindaste Amarelo, fazendo com que ela tivesse que ser reparada e reconstruída pelo menos dez vezes.

9. Taipei 101 台北 101 大厦

Este arranha-céu brilhante reinou como o edifício mais alto do mundo por seis anos, desde 2004, antes da inauguração do mundialmente famoso Burj Khalifa em 2010. Taipei 101 é uma referência para todos os edifícios modernos. O prédio recicla água e coleta chuva para produzir até 30% do uso de água.

10. Torre Jin Mao 金茂 大厦

Você provavelmente poderia apontar para uma série de edifícios incríveis do horizonte de Xangai, mas a Torre Jin Mao é uma das mais reconhecíveis e memoráveis. Contendo escritórios e um hotel 5 estrelas, este edifício será o centro de três edifícios "superaltos" quando a Shanghai Tower for concluída em 2014, ao lado deste edifício e do Shanghai World Financial Center.

A arquitetura impressionante pode ser encontrada em toda parte na China, e talvez seja ainda mais empolgante dada a vasta gama de exemplos antigos e modernos que estão disponíveis para visitar e experimentar.

Autoria: A Vector Foiltec inventou o uso do Texlon com suas propriedades exclusivas de ETFE e desenvolveu o uso dessa tecnologia inovadora em todo o mundo na indústria de design e construção.


5. Huyao Shao Hongniang (Fox Spirit Matchmaker)

Humanos e demônios podem se apaixonar, mas sem ajuda, seu amor está condenado ao fim quando a curta vida do humano terminar. Os Matchmakers Fox Spirit existem para reunir demônios com reencarnações de seu verdadeiro amor e despertar suas memórias passadas para que eles possam amar novamente. Haku Gesshou é um monge taoísta extremamente talentoso que não quer ter nada a ver com a Liga Yi Qi Dao para a qual trabalha a contragosto. Suusu é um jovem espírito de raposa frequentemente intimidado por sua irmã mais velha e muito mais poderosa por sua falta de habilidade. Tentando escapar da tremenda pressão colocada sobre eles por outros, Haku Gesshou e Suusu se unem para trabalhar como Fox Spirit Matchmakers. Lutar contra os perigosos yokai e ajudar os enlutados yokai a encontrar seu amor pode ser difícil, mas a cada passo os aproxima mais de se darem conta de si mesmos.

Esta pode ser uma história um pouco complicada, como costumam ser aquelas com vidas passadas. É ótimo que muitos personagens se concretizem e você possa ver o quão interligadas as vidas de todos estão. Fox Spirit Matchmaker faz um bom trabalho em mostrar como as experiências de vida das pessoas podem mudá-las, embora existam coisas fundamentais que tornam uma pessoa única. Com a dublagem japonesa do show, os nomes são alterados, mas seja em chinês ou japonês, é um anime engraçado, mas comovente.


Bronzes chineses

Nossos editores irão revisar o que você enviou e determinar se o artigo deve ser revisado.

Bronzes chineses, qualquer um dos vários objetos de bronze fundidos na China antes de 1500 aC.

Bronzes foram lançados na China por cerca de 3.700 anos. A maioria dos bronzes de cerca de 1500-300 aC, aproximadamente a Idade do Bronze na China, podem ser descritos como vasos rituais destinados à adoração de ancestrais, que muitas vezes são nomeados em inscrições nos bronzes. Muitos foram especialmente escolhidos para comemorar eventos importantes na vida de seus possuidores. Esses vasos rituais da China antiga representam possivelmente a conquista mais notável em toda a história da metalurgia antes dos tempos modernos.


China Antiga: Dez Principais Obras de Arte - História

Nos tempos antigos, a China tinha dez espadas famosas. Relatos das espadas são freqüentemente encontrados em livros ou lendas antigas, como os Registros do Grande Historiador (Shiji), História Perdida de Yue (Yuejueshu), Obras de Lie Zi e Anais de Wu e Yue. Das dez espadas, algumas realmente existiram na história, enquanto algumas são meramente produtos da imaginação das pessoas. No entanto, a cultura da espada chinesa, representada pelas dez espadas famosas, simboliza a integridade moral e a retidão da nação chinesa.

A espada da elegância delicada: Cheng Ying

Diz-se que Cheng Ying era uma espada longa sem lâmina. Estranhamente, ele projetou uma sombra na parede ao amanhecer ou ao anoitecer, quando uma alternância entre a luz do dia e a escuridão ocorria. Essa foi a própria espada apreciada por Lie Zi, conforme foi registrado noObras de Lie Zi. Foi feito na dinastia Shang (cerca de 1600-1100 aC) e mais tarde propriedade de Kong Zhou, um homem do estado de Wei durante a primavera e o outono (770-476 aC). Cheng Ying era uma espada de elegância delicada.

A espada da majestade: Chun Jun

Chun Jun é uma espada de majestade, e também uma possuída por Gou Jian, o Rei do Estado de Yue no Período de Primavera e Outono. De acordo comA História Perdida de Yue, Gou Jian, o Rei de Yue, certa vez convidou Xue Zhu, um especialista em apreciar espadas, para vir reconhecer e apreciar algumas espadas valiosas. De todas as espadas preciosas que lhe foram apresentadas, Xue apreciou apenas uma, chamada Chun Jun. Ele aconselhou o rei a não trocar esta espada com outras, mesmo por uma combinação de mil cavalos bons, três vilas ricas e duas grandes cidades, raciocinando que foi uma criação conjunta única do homem e do céu. O rei seguiu seu conselho e o valorizou. Hoje, a espada está guardada no Museu Provincial de Hubei.

A espada da bravura: Yu Chang

Yu Chang foi uma espada de bravura. De acordo comHistória dos Assassinos, um capítulo doRegistros do Grande Historiador, também conhecido em inglês pelo nome chinêsShiji, quando o rei Liao, do estado de Wu, estava desfrutando de alguma comida servida por Zhuan Zhu, um cozinheiro enviado para assassinar o rei. Mal ele ouviu uma águia voando em sua direção quando uma espada saiu do peixe que ele iria comer. Com a espada, Zhuan Zhu não perdeu tempo em apontá-la para o rei Liao. Embora os guardas bem treinados de Liao o protegessem com armas, a espada ainda o alcançou com sucesso e acertou seu coração. Portanto, Yu Chang foi uma espada de bravura.

As espadas do amor: Gan Jiang e Mo Ye

Gan Jiang era a espada de um marido chamado Gan Jiang Mo Ye era a espada de sua esposa, chamada Mo Ye. Como o casal inseparável, as duas espadas, uma masculina e a outra feminina, não podiam ser separadas. O marido, Gan Jiang, um ferreiro, recebeu um pedido para fazer uma espada para o rei. As the time of delivery drew near, Gan Jiang got more worried, for his fire was still not hot enough to forge the metal, and he feared he could not make the sword in time. Having understood the reason for her husband’s distress, the wife shed tears and knew that her husband would be executed if he could not deliver the sword on schedule. She decided to save her husband by throwing herself into the fire, thereby heating it enough to make the sword. When the husband got to know what she intended to do, he could not stop her, only to hear the wife saying, “we can meet again.”

After her wife’s death, the husband Gang Jiang finally made two swords. He named the two swords Gan Jiang and Mo Ye. Putting the sword Mo Ye aside for him, he gave the sword Gan Jiang to the king. The news that Gan Jiang left the other sword for his own use got to the ears of the king, who was outraged and decided to execute him. “How can we unite?” asked Gan Jiang as he was being arrested. All of a sudden, the Mo Ye sword turned into a beautiful dragon. Afterwards, the Gan Jiang sword possessed by the king also disappeared.

Six hundred years later, in a remote small town, the sword saw the dragon in the lake and immediately turned into a dragon—and they united again! The next day, the people in the town saw a new couple settle there. The husband was an excellent blacksmith, who only made agricultural instruments for people while steadfastly refusing to anyone, whether or not they asked, to make valuable swords. When he was at work, his wife would cool him with a fan and wipe sweat from his body. Therefore, Gan Jiang and Mo Ye were two swords of love.


Assista o vídeo: Wynalazki Starożytnych Chin Cz. I (Agosto 2022).